terça-feira, 10 de maio de 2011

ESCOLA SUSTENTÁVEL E COM-VIDA

   Aplicar medidas sustentáveis na escola, mudar seus hábitos e o pensamento das pessoas é muito difícil, pois a questão ambiental ainda não é tratada com a importância a qual deveria ter. Elaborar um projeto para mudar o espaço físico da escola é tão difícil quanto, já que depende de iniciativa do município e da própria comunidade escolar.
   Entretanto percebemos que atitudes simples geram bons resultados. Ensinar aos alunos que não se deve jogar lixo no chão, etc., parece muito irrelevante, mas, muitas vezes, isso não é ensinado pela família, valores bem simples são perdidos pelo indivíduo e, então, sujar o meio ambiente se torna um ato costumeiro. È preciso, como se vê, tornar a educação ambiental mais incisiva, constante e crítica para a formação de uma consciência ampla.
   As medidas para a aplicação da sustentabilidade  numa escola como a referida, requerem um longo caminho a ser percorrido, mas podemos adotar essas atitudes simples para início da caminhada. Criar um horta plantada em jardineiras, devido a falta de espaço, que pode ser cuidada pelos próprios alunos; assumir medidas para economia de água, luz e aproveitamento de alimentos; separar e reciclar o lixo; criar na comunidade uma consciência crítica, para que reivindiquem seus direitos e uma escola melhor para seus filhos.
   Não há ao certo, um plano de ação, nem um cronograma para implantar essas medidas, o orçamento também não foi discutido. Porém, é claro que já se deu um grande passo, somente ao aceitar discutir e pensar sobre essas questões. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário